SE CAÍRES FICA LÁ...E APRENDE


"Só nos curamos de um sofrimento depois de o haver suportado até ao fim."

Há uma força que contrasta sempre com o facto de desejarmos tanto alguma coisa e por tantos motivos e mais alguns vemo-nos privados de ter para nós o que mais desejamos. Namoros, pessoas, profissões, empregos, cursos, amizades, bens materiais...tudo o que possas achar que te faz feliz é também e tantas vezes aquilo que mais te faz sofrer.

Vivemos todos realidades distintas, momentos singulares que pintamos em nós. O que nos fere, o que nos subjuga, o que nos faz arder por dentro de sofrimento é a constatação por umas e outras razões da nossa educação interior. Achamos tantas vezes de dentro de nós que há uma razão que subsiste como um conceito moral de razoabilidade que só a nós pertence. Diferentemente da racionabilidade somos seres extremamente teimosos. E tantas vezes como está agora em voga dizer " Fundamentalistas" fundamos o nosso próprio estado de emoções de acordo com o que vivemos. 

SE CAÍRES FICA LÁ E APRENDE NÃO É O DESPREZO AO SOFRIMENTO. 

É 
QUE EU POSSO EVENTUALMENTE VIVER SEM VOCÊS....MAS EU NÃO POSSO DE FORMA NENHUMA  VIVER SEM MIM.


Tenho tentado aprender o que é significa sofrer, dores, feridas ou chagas marcadas na alma. Com o passar dos anos fui vendo como cada pessoa se vai desenvencilhando das marcas das suas dores.  Cada um à sua maneira determina para si o significado e forma de ultrapassar as marcas das suas dores. 

Nunca me debati com o sofrimento. Sempre soube que ele vinha com a bandeira de paz. Apesar de se olhar para ele como um monstro que vem para nos marcar de feridas que ficam marcadas, sempre abri os braços a ele mesmo. 

NÃO É QUE TU ME ASSUSTES...MAS É QUE EU NUNCA TIVE MEDO DE MIM...

Nunca corri em busca de um abraço, nunca chorei sem sentido,  nunca me debati com as amarguras e com a pressa de ultrapassar tudo e todos. Que viesse sempre com todas as lanças, com todos os exércitos, prostrei-me sempre, não para me render a ele...apenas e só para aprender...

Esta pressa interna de nos curar-mos, de nos levantar-mos o mais rápido possível transforma-se sempre num looping de emoções e gastos de energias sistematicamente em erros atrás de erros.  

TANTAS VEZES PERGUNTEI AO SOFRIMENTO: PORQUE ME FAZES ISSO? E ELE TANTAS VEZES ME RESPONDEU: LEVANTADO NADA APRENDES...CAÍDO CONQUISTAS O MUNDO.

EU ENTENDI...E TU ENTENDES?



Comentários

adorei! adorei todas as palavras! beijinho

Postagens mais visitadas